"Acreditamos no trabalho em prol dos animais domésticos
e integrante da defesa do meio ambiente e natureza,
cujo maior favorecido é a própria sociedade, que
conviverá em um lugar mais equilibrado e saudável"

Notícia
Série: Raças de Cães
30 de Junho de 2017

O Pastor Belga é uma raça um pouco controversa, pois possui quatro variedades, que em alguns países, como os Estados Unidos, acabam sendo consideradas como raças distintas.

Se você já tem uma boa experiência com cachorros e está à procura de um bom cão de guarda e também de uma boa companhia, vale a pena conhecer essa raça. Existem quatro tipos de pastor belga. O pastor Malinois, o Groenendael, o Tervueren e o Laekenois.

 

Personalidade

 

O Pastor Belga é bastante ativo, atlético e valente. Sensível, é conhecido por formar vínculos fortes com seus donos. É também uma raça extremamente inteligente, mas é bastante desafiadora para se conviver – às vezes pode apresentar tendências dominantes – por isso, se você for um dono inexperiente, poderá ter problemas.

Embora o Pastor Belga esteja sempre atento e seja responsivo, é necessário que o dono transmita suas ordens com confiança e no tempo certo – devido aos reflexos e reações rápidas da raça – para que o cachorro se comporte bem.

De vez em quando, o Pastor Belga pode apresentar um comportamento malcriado e brincalhão. No entanto, é geralmente mais reservado, tímido e distante, além de apresentar um forte instinto de proteção. Costuma também olhar com muita desconfiança para estranhos. Sabendo disso, é importante que os cães dessa raça passem por uma socialização extensiva desde filhotes.

É bom lembrar que cada variedade pode apresentar algumas pequenas diferenças no temperamento:

 

  • O Pastor Belga Malinois, por exemplo, é o melhor para competições em esportes de proteção e frequentemente são utilizados pela polícia. Essa variedade tem uma personalidade mais forte do que as outras, altos níveis de energia e um grande instinto de caça. Por isso, pode ser bem difícil lidar com ele.
  • Já o Pastor Belga Tervueren, também consegue ter sucesso nessas competições de proteção. Porém, se dão melhor em competições de obediência e agilidade, como em corridas de obstáculos. E sua personalidade pode variar de uma mais despreocupada para uma mais nervosa e inquieta.
  • Já os Groenendaels costumam ter um temperamento mais “leve” e são menos propensos a ter um impulso para trabalhos que a raça costuma desempenhar. Mesmo assim, continuam sendo ótimos cães para competições.

Em relação a outros cães e animais, costumam ser agressivos com cachorros do mesmo sexo e, se não forem bem treinados, podem perseguir e matar gatos e outros animais menores.

 

Fonte: www.adorocaes.com.br/pastor-belga





Associação Lageana de Proteção aos Animais - Todos os Direitos Reservados ©